Considerando as expectativas do governo da Bahia, está cada vez mais perto de sair do papel, o projeto da tão esperada ponte que vai ligar Salvador à Ilha de Itaparica. "A meta é que no mês de outubro, ou novembro, estejamos na Bolsa de Valores de São Paulo recebendo as propostas das empresas que vão participar da licitação", revelou o secretário Estadual da Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, em entrevista ao programa Linha de Frente, live do site de notícias Aratu On.

Questionado pelo jornalista Pablo Reis sobre o futuro do sistema ferry-boat com a construção da ponte, ele foi categórico: "não faz sentido manter!". Cavalcanti considerou que a tarifa será equivalente à cobrada, atualmente, para acessar as embarcações, com algumas vantagens. Segundo ele, quem necessita realizar o trajeto de ida e volta, no mesmo dia, terá direito ao pagamento de um valor reduzido. Além disso, a cobrança feita ao condutor de veículos será única, independente, do número de passageiros transportados.

Entre outros assuntos, o secretário de governo fez avaliações e comentários sobre a capacidade de investimentos no desenvolvimento de energias renováveis na Bahia; falou sobre a postura dos políticos baianos, diante da proposta de Reforma da Previdência; dos processos de infraestrutura adotados pelo governo Bolsonaro, nos primeiros cinco meses; e, inclusive, da especulação do seu nome na sucessão do executivo baiano.

Assista a entrevista na íntegra:

LEIA MAIS: Cão ‘voa’ após morder mochila de praticante de parapente; veja vídeo

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivoNos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.