Os ônibus de Salvador e os metropolitanos rodarão normalmente na noite desta quarta-feira (9/10) mesmo com a greve convocada por uma associação da Polícia Militar. A informação foi confirmada por sindicatos que representam a categoria. 

O diretor de comunicação do Sindicato dos Rodoviários, Daniel Mota, disse que não há planos de paralisar a oferta de transporte na capital durante a noite por medo de ataques. "Por enquanto está tudo tranquilo, os trabalhadores estão vendo a polícia na rua. Só vamos pensar nisso se os motoristas se sentirem inseguros, o que não está acontecendo", explicou.

LEIA MAIS: Exclusivo: Prisco é investigado por possíveis desvios na Aspra; "policiais usados e enganados"

Já o diretor do Sindicato dos Rodoviários Metropolitanos (Sindmetro), José Nilson, também informou que a categoria está trabalhando normalmente. "Houve um anúncio de apoio à greve, mas não vamos parar. Foi apenas uma mensagem de solidariedade aos companheiros", disse.

ARROMBAMENTOS

Na madrugada desta quarta, um ônibus foi atingido por tiros no bairro da Massaranduba. A Polícia Civil está investigando esse caso, além de arrombamentos e tiroteios registrados.

As investigações apontam que o vandalismo pode ter causado pelos policiais grevistas, com intenção de instaurar a insegurança. "Não temos ocorrências desta natureza e, esta coincidência com os acontecimentos, logo depois do anúncio de greve, é determinante para o início das apurações", explicou o delegado-chefe, Bernadino Brito.

LEIA MAIS: "Criminosos que têm título de político", diz Rui Costa sobre anúncio de paralisação da PM

Ele acrescentou ainda que investigações já estão em curso para identificar os autores. A Secretaria da Segurança Pública disse que foram solicitadas perícias nas munições encontradas, imagens de câmeras e de segurança privadas.  

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.