Neymar e o 'parça' Gabriel Medina, responderam a um vídeo do presidente Jair Bolsonaro, durante viagem a Israel, acompanhado do primeiro-ministro israelense, Binyamin Netanyahu popularmente chamado de "Bibi" e foram criticados pelos internautas.

No vídeo, Bolsonaro aparece ao lado de Netanyahu e deseja boa sorte aos atletas. Bibi ainda convida os rapazes para visitarem Israel. Em resposta, os amigos brasileiros falaram que irão ao país em breve.

"Alô, Neymar, alô, Medina. Diretamente aqui de Israel, boa sorte para vocês, o prazer é nosso", disse Bolsonaro. "Por favor, venham a Israel. Vocês dois estão convidados: Neymar e Medina. Tragam todo mundo com vocês", completou Binyamin Netanyahu.

A resposta aos dois foi publicada pelo pai de Neymar. "Alô, Bibi e Bolsonaro, obrigado por nos convidar. Israel, estamos indo", disse Neymar. "Oi, Bibi e Bolsonaro, obrigado por nos convidar para ir a Israel. Israel, estamos indo. Muito obrigado", seguiu Medina.

Posteriormente, o presidente Bolsonaro compartilhou o mesmo vídeo. "Netanyahu, Bolsonaro, Neymar e Medina pelo sucesso de Brasil e Israel", escreveu.


Nas redes sociais, os fãs criticaram a postura dos rapazes. "Neymar e Medina. Caras como eles, aqui em Salvador, a gente chama carinhosamente de bunda mole", disse um internauta. "Neymar e Medina tem tudo a ver com Bolsonaro, um ficou famoso mundialmente por simulação e o outro tá sempre querendo ficar na crista da onda", criticou outro.



Mas teve quem defendesse a atitude dos 'parças'. "Neymar e Medina: os símbolos da nova direita. Agora o HEXA vem! Voa, menino Ney!", comentou um. "Após vídeo em apoio ao Bolsonaro, Neymar e Medina são vistos surfando em lágrimas de esquerdistas", brincou outro.



LEIA MAIS: Leo Dias sobre vida sexual de Anitta: “gosta muito de transar a três”

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.