O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, disse, em entrevista à Rádio Jornal nesta sexta-feira (1º/6), que não passam de boatos a possibilidade de uma nova paralisação dos caminhoneiros anunciada para o dia 4 deste mês, nas redes sociais. “Não existe uma articulação para refazer o movimento. Está se tentando criar um clima de ansiedade, de preocupação e divulgando fatos infundados, disse o ministro, que acrescentou que conversou com o ministro do Gabinete de Segurança Institucional, general Sérgio Etchegoyen, ainda nesta sexta (1º) e que foi identificada a origem do boato.

Segundo Jungmann, os boatos vão ser objeto de um inquérito pela Polícia Federal e que providências estão sendo tomadas. Ainda de acordo com o ministro, há movimentos isolados que querem retomar a greve, mas ressaltou: nada semelhante à greve que paralisou o País por 10 dias, criando uma crise de desabastecimento de combustíveis e de alimentos. 

LEIA MAIS: Governo federal publica decreto com reajuste de 5,67% para o Bolsa Família

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo e no facebook.com/aratuonline.

*Publicada originalmente às 11h21