Do Simões Filho Online, parceiro do Aratu Online

Há onze dias, uma família do bairro de Pitanguina Velha, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), está convivendo com os sentimentos de angústia, aflição e muita preocupação devido ao misterioso desaparecimento de um membro. Uma tia procurou a reportagem do Simões Filho Online na tarde desta sexta-feira (11/5) solicitando ajuda para conseguir qualquer notícia do seu sobrinho.

Os sentimentos que foram citados estão sendo expressados pelos familiares de Uedson Santos da Conceição, de 36 anos, que desapareceu desde a penúltima terça-feira (1/5). Bastante preocupada e sem ideias do paradeiro de Uedson, a tia do rapaz,  a comerciante Vera Lúcia, de 52 anos, conta que ele saiu no sábado (28/4) retornando somente na segunda (30/4). Após a mãe do rapaz o chamar a atenção por conta do seu sumiço, ele voltou a sair na terça e até hoje não retornou mais para casa.

Ele se aborreceu porque a mãe reclamou por ele ter passado três dias fora, daí ele voltou a sair e, até hoje não sabemos nenhuma notícia dele. Ele saiu a pé, sozinho, sem pegar roupas e sem levar nada. Precisamos de alguma notícia, contou ao Simões Filho Online.

LEIA MAIS: PREPARA O BOLSO: Petrobras aumenta preço da gasolina para distribuidoras

Ainda segundo a comerciante, Uedson costuma sair e passar dias fora, no bairro da Cova de Gia, entretanto, os familiares já foram até o local, mas não tiveram nenhuma pista dele.

Vera informou que os familiares, em especial a sua irmã, Cleonice Santos da Conceição, de 62 anos, mãe de Uedson, tem realizado buscas no Instituto Médico Legal (IML) em hospitais de cidades vizinhas como Camaçari eSalvador  e deverá registrar a ocorrência do desaparecimento na 22ª delegacia Territorial de Simões Filho ainda nesta sexta-feira (11/5).

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo e no facebook.com/aratuonline