Após a repercussão de vídeos em que brasileiros assediam mulheres russas, uma nova gravação passou a circular nas redes sociais. Desta vez, envolvendo menores. Nas imagens divulgadas nesta última quarta-feira (20/6), um brasileiro identificado como Lucas Marcelo aparece pedindo a uma criança na Rússia para repetir frases ofensivas como “Eu sou filho da p***”; Eu d*** para o Neymar e “Eu sou viado”.

LEIA MAIS: Brasileiros gravam mulher russa cantando música obscena e são acusados de praticar assédio

Indignada, uma jovem também brasileira compartilhou o vídeo no Facebook. Em menos de sete horas no ar, a publicação ultrapassou 580 mil visualizações, 2,9 mil reações e 13,6 mil compartilhamentos.

Pedido de desculpas

No Twitter, o torcedor publicou outro vídeo pedindo desculpas e dizendo estar arrependido da ‘brincadeira’. “Peço desculpa ao menino e a toda nação russa pela brincadeira que fiz. Foi um vídeo infantil da minha parte. Acho que não foi certo e quero esclarecer que esse tipo de brincadeira não faz parte da nossa nação brasileira”, se defende.

Veja vídeo: 

Nos comentários do vídeo em que Lucas se defende, internautas o criticaram. “Tá com medo é de perder o emprego”, escreveu um deles. “Depois que a casa caiu, você vem se arrepender”, disse outro. Poucas horas depois, ele resolveu excluir sua conta no Twitter.

LEIA MAIS: Região do Cristo na Barra passa a ter monitoramento 24 horas pela Guarda Civil

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo e no  facebook.com/aratuonline.