A mãe da criança baiana agredida em um condomínio brasiliense, Jucimara das Mercês, conversou com o repórter da TV Aratu, Messias Teles, na manhã desta quinta-feira (13/12), na cidade de Feira de Santana, a 110 km de Salvador.

LEIA MAIS: Criança baiana é agredida por adultos em quadra de condomínio; assista

Em entrevista, Jucimara se mostrou assustada com a situação. “Não imaginava, jamais, mãe nenhuma espera algo desse tipo, uma agressão lamentável e desnecessária”, disse. A mulher contou que, em conversa por telefone com o filho, ele relatou sentir dores na cabeça, nas costas e pescoço. “Ele está um pouco assustado”, acrescentou.

A mãe do menino agora espera “os próximos episódios”. “A Justiça já está em andamento, o casal vai responder o processo e aguardar”. “Temos que educar nossos filhos para o futuro”, concluiu Jucimara.

CASO

Tudo aconteceu no último domingo (9/12) e foi gravado em vídeo por câmeras do circuito interno. Os suspeitos da agressão são os pais de outro garoto da mesma idade.

Segundo testemunhas, o casal tinha ido passar o domingo na casa dos pais, moradores do prédio, com o filho deles. A confusão começou quando o menino subiu no apartamento dos avós com um sangramento na região da boca.

O casal pensou que o garoto baiano tivesse batido no filho deles. Assim que recebeu a informação, o pai desceu até a quadra de esportes e segurou os braços do baiano para trás para que a criança machucada desse um soco no rosto. Em seguida, a mãe também foi para a quadra e empurrou o garoto no chão.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo e no www.aratuonline.com.br/livesNos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.