Do Berimbau Notícias, parceiro do Aratu Online

Lourival da Silva Júnior, suspeito de filmar um assassinato, foi descoberto e preso nesta sexta-feira (14/12) durante operação conjunta das Polícias Militar e Civil de Amélia Rodrigues. Agentes de São Paulo também deram apoio na ação.

O homem, conhecido como Amaral, foi encontrado na cidade de Carapicuíba, na Região Metropolitana de São Paulo. Após a localização ser informada ao Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Polícia Militar da Bahia (PM/BA), foi inciada operação com o Batalhão de Rondas Ostensivas de Tobias de Aguiar (Rota-PMESP).

Segundo o tenente Rodrigo Monteiro, Amaral é integrante da facção Bonde do Maluco (BDM) e teve envolvimento em vários homicídios e assaltos na BR-324. Ele junto com 7 comparsas aterrorizaram. Eles foram o motivo da operação amélia livre, que reuniu 130 policiais por duas vezes em Amélia Rodrigues.

Amaral já tinha dois mandatos de mandados de prisão, um por homicídio e outro por assaltos na BR-324. Ele, inclusive, acompanhado de um companheiro identificado como Robinho, filmou execução de um homem identificado como Rodolfo Santiago Araújo Pena, de 32 anos. A vítima desapareceu em Conceição do Jacuípe, no Recôncavo Baiano, em 20 de abril deste ano, e o corpo ainda não foi encontrado.

Segundo Monteiro, outro mandado de prisão será expedido contra Amaral por conta do assassinato. Robinho já morreu em confronto com a Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT/Rondesp Leste).

LEIA MAIS: Jovem é morto a tiros no bairro da Massaranduba

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo e no www.aratuonline.com.br/lives. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.