A Guarda Municipal de Salvador assegurou o transporte de 15 mil litros de combustível que irão manter os serviços essenciais da Prefeitura pelo menos até a próxima quarta-feira (30/5). A ação aconteceu na madrugada deste sábado (26/5). A prioridade no abastecimento será para as ambulâncias do SAMU e outros veículos que prestam serviços na área da saúde. O combustível foi adquirido via acordo da Secretaria Municipal de Gestão (Semge) junto a postos conveniados.

LEIA MAIS: Motoristas de transporte escolar fazem manifestação na BR-324 nesta manhã

Coube à Guarda, com o apoio da Transalvador, fazer a escolta para que o combustível chegasse ao posto contratado, por causa dos bloqueios na estrada CIA-Aeroporto, impedindo a passagem de caminhões.

Durante coletiva nesta sexta-feira (26/5), o prefeito ACM Neto havia anunciado a possibilidade dessa operação de escolta para que a Prefeitura pudesse contar com mais combustível. Ele assegurou o abastecimento das ambulâncias até a quarta-feira. Entretanto, outros serviços municipais poderão ser seriamente prejudicados já a partir de segunda (28/5), se a crise no desabastecimento continuar.

O titular da Semge, Thiago Dantas, está encarregando de montar um plano operacional para as secretarias e órgãos da Prefeitura em caso de continuidade do movimento dos caminhoneiros. Mantido o cenário atual, esse novo plano deverá ser apresentado pela Prefeitura já nesta segunda.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo e no facebook.com/aratuonline.