“Omolu, Ogum, Oxum, Oxumaré, todo o pessoal, manda descer pra ver” o filho de Gandhi chamado Gilberto Gil, na varanda do Camarote Expresso 2222, em pleno pôr do Sol. O cantor conversou com o Aratu On e opinou sobre o enfraquecimento do Circuito Osmar, a importância dos blocos afros e o aumento dos dias de Carnaval em Salvador.

Vestido como um dos filhos de Gandhy, tradicional bloco que sai no Circuito Barra-Ondina, nesta segunda-feira (4/3), o artista atribuiu a atenuação do outro circuito à falta de atenção por parte das autoridades. “O enfraquecimento do entusiasmo do público em relação ao circuito do centro tem a ver com muitas coisas. Primeiramente porque o circuito da Barra é beira mar, um cenário extraordinariamente bonito. Desde que foi inaugurado sempre foi uma coisa muito forte. O desfile aqui na Barra é mais ameno”.

LEIA MAIS: Governador Rui Costa defende reduzir o Carnaval; “não precisa de tantos dias”

Sobre os blocos afros e o revés de se manterem entre a programação da folia, ele afirmou que há “uma certa dificuldade”. “Isso também tem sido desprestigiado na Bahia, pelos governos estaduais e municipais, que não estão suficientementes atentos a esse fenômeno. É preciso voltar a ter atenção a isso, como por exemplo a discussão de um novo circuito, especial para os blocos afros. Já houve sugestões de que esse circuito fosse pra Cidade Baixa, Carlinhos Brown já tomou a frente dessa iniciativa a alguns anos atrás. Carnaval precisa ser discutido o tempo todo, porque ele cresce, se renova, se modifica, inclui contingentes maiores de crianças, adolescente e turistas. É preciso uma atenção devocional do povo brasileiro, assim como nas religiões”.

Gil comentou ainda o aumento de dias de Carnaval em Salvador, questionado pelo governador Rui Costa (PT) e defendido pelo prefeito ACM Neto (DEM). “É tendência, a sociedade cresceu. Quando eu vim pra Salvador, em 1950, aqui tinha 450 mil habitantes, hoje temos quase 4 bilhões, isso é muitas e muitas vezes mais. A cidade recebe gente do mundo inteiro no Carnaval e essas transformações todas criam novas exigências, então é preciso estar atentos”.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no https://www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003