A ex-Miss Bumbum, Erika Canela, que ficou conhecida por fazer tatuagens de Jair Bolsonaro e Donald Trump, comemorou a aprovação em medicina em suas redes sociais. 

Em conversa com a revista Quem, a modelo revelou que ficou oito meses sem sexo para alcançar o objetivo. "Queria focar 100% nos estudos, um compromisso comigo e com Deus para conseguir esse propósito. Fiquei sem sexo e sem beber", explicou. 

Durante a entrevista, Erika ainda foi questionada se tem medo de sofrer algum tipo de machismo por já ter participado do concurso de Miss Bumbum. "Não tenho, no cursinho eles já me apontavam 'aquela é a Miss Bumbum que tatuou o Trump', se cheguei até aqui foi porque tive uma história,  o concurso miss bumbum foi uma delas, me fez ser quem sou", contou à revista.


LEIA MAIS: Cunhado de Ana Hickman é absolvido por morte de fã; "justiça foi feita"

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003