O bancário Paulo César Favola Cardoso Júnior e o comparsa Jessé Novaes Dias foram presos nesta quarta-feira (13/2), após manterem uma estufa para plantação de maconha dentro de um apartamento no Centro do município de Cândido Sales, a 600 km de Salvador.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), o flagrante aconteceu durante ação conjunta entre equipes da Delegacia Territorial de Cândidos Sales, Rondesp Sudoeste e 9° Batalhão de Polícia Militar (BPM/ Cândido Sales).

Além de 31 pés de maconha, a polícia também localizou 17 potes da erva prontos para embalo, 44 fracos com sementes para plantio, um pote com óleo, 350 comprimidos de ecstasy, 86 embalagens de fertilizantes, seis sacos de adubos, diversos aparelhos eletrônicos e um veículo utilizado no transporte do material.

Foto: divulgação/SSP-BA

A dupla mantinha um sistema de cultivo de espécies estrangeiras de maconha. Lâmpadas de led eram usadas para manter a temperatura e foi montado, também, um sistema de irrigação e adubação automáticos que controlavam clima e condições do solo.

Foto: divulgação/SSP-BA

Os presos e materiais foram encaminhados para a sede da Delegacia Territorial (DT) da cidade, onde permanecem custodiados.

LEIA MAIS: Gabriela Pugliesi se choca com nudes que o marido recebe: Muitas periquitas; assista

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo e no www.aratuonline.com.br/lives. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.