Após tentar fazer mais uma micareta aquática no Porto da Barra, o DJ Maroca se recusou a sair do mar nesta segunda (7/1), para não ter o equipamento de som levado pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), que o aguarda na escada de acesso a praia.

O motivo da resistência do DJ para retirar o caiaque elétrico do mar seria o impedimento da Semop de recolher o equipamento na água. A situação foi flagrada por uma equipe de reportagem da TV Aratu.

LEIA MAIS: Prefeitura proíbe micareta na água que ficou famosa no Porto da Barra; humilhado

Desde a última sexta-feira (4/1), “Maroca” está impedido de fazer os arrastões aquáticos. Ele foi abordado por agentes da Semop e da 11ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Barra) quando chegava para fazer  mais uma apresentação.

A Semop alega falta de licenciamento, poluição sonora, risco de afogamento e brigas como motivo para proibição. A decisão foi tomada após a micareta da última quinta-feira (3/1) viralizar na internet.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo e no www.aratuonline.com.br/lives. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003