Uma mulher natural de ipatinga, em Minas Gerais, foi encontrada morta em Portugal. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, o corpo foi esquartejado e colocado dentro de uma mala, enrolada com fita adesiva.

O companheiro da vítima, que também é brasileiro, é o principal suspeito do crime. Camila da Silva Mendes, de 30 anos, foi assassinada a facadas na quarta-feira (2/10) na cidade de Arruda dos Vinhos, cerca de 40 km de Lisboa. Ela tinha iniciado o namoro com Robson Claudio Mandela em maio, quando o brasileiro viajava ao Brasil e se mudado para morar com o suspeito ha cerca de dois meses.

Ainda de acordo com a Folha, ele foi detido na quinta-feira, em um matagal, próximo a casa em que morava com a vítima. A polícia suspeita de que ele planejava fugir para outro país. A família da vítima diz q ele tinha problemas com álcool.

O corpo foi encontrado após vizinhos desconfiarem da mala enrolada com fita adesiva. Agora, a família de Camila pede ajuda para o translado do corpo, que custa R$ 30 mil e não é pago pelo Itamaraty.

LEIA MAIS: Exclusivo: Prisco é investigado por possíveis desvios na Aspra; "policiais usados e enganados"

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.