Nesta quarta-feira (2/5), a Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro aprovou, em sessão extraordinária, cinco projetos de lei da vereadora Marielle Franco (PSOL), assassinada em março desse ano.

LEIA MAIS: SÃO PAULO: Bombeiros iniciam buscas com máquinas pesadas em edifício que desabou

Com aprovação da maioria no plenário da Câmara Municipal, apenas o projeto de lei que inclui o dia de luta contra a homofobia, lesbofobia, bifobia e transfobia no calendário oficial da cidade do Rio, foi adiado. Além das propostas, também foi aprovado um projeto de resolução que dá o nome de Marielle Franco à tribuna onde os vereadores discursam.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo e no facebook.com/aratuonline.