Do Berimbau Notícias, parceiro do Aratu Online

Um homem identificado como Josival dos Santos, 34 anos, foi morto no sábado (5/1) em Jacobina, a 360 km de Salvador, após receber uma facada no peito pela sua companheira, Vânia de Jesus, 32. Segundo o delegado Cleber Azevedo, a autora alegou legítima defesa. Ela se entregou e está à disposição da Justiça.

Vânia contou que foi espancada pelo homem e que o atingiu com uma única facada no peito para que ele parasse as agressões, mas não tinha a intenção de matá-lo. O crime aconteceu no bairro Mutirão. A vítima chegou a ser levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu.

LEIA MAIS: Mau pastor: homem é preso após furtar e colocar ovelhas dentro de Fiat uno na Bahia

Vânia ainda relatou que as agressões eram frequentes. Vizinhos disseram que, em uma delas, a mulher foi esfaqueada por Josival, mas conseguiu sobreviver. O fato aconteceu em janeiro de 2018 e, na época, Vânia teve o pulmão perfurado, foi transferida para Salvador em estado grave e chegou a passar vários dias internada entre a vida e morte.

Com medo de ser preso, o acusado fugiu da cidade após o crime, mas retornou cerca de seis meses depois e obrigou Vânia a morar com ele, a qual continuou a sofrer agressões físicas e morais. Por medo de morrer, ela acabou não procurando a polícia.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo e no www.aratuonline.com.br/livesNos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.