Desaparecido de Feira de Santana, onde morava, desde o último dia 15 de janeiro, o advogado Júlio Zacarias Ferraz foi encontrado morto, com sinais de tortura, no município de Santo Amaro, no Recôncavo Baiano. A distância entre as cidades é de aproximadamente 51 quilômetros.

O corpo foi achado há quase dez dias, porém, na ocasião, foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Santo Amaro como “indigente”. Após a divulgação do desaparecimento no programa Ronda, da TV Aratu, a Polícia Civil daquela cidade entrou em contato com a de Feira, para posterior identificação do corpo.

Segundo informações do repórter da TV Aratu, Messias Teles, que acompanhou o caso, o advogado foi encontrado despido, com boca e mãos amarradas e com duas marcas de tiros nas costas. O corpo estava queimado.

O crime deve ser investigado pela Polícia Civil.

LEIA MAIS: Porteiro sai para trabalhar e é encontrado morto em Salvador; corpo estava queimado

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo e no www.aratuonline.com.br/lives. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.