O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tentou deixar o Sindicato dos Metalúrgicos, localizado no ABC Paulista, na tarde deste sábado (7/4), mais de 24 horas depois do prazo dado pelo juiz Sérgio Moro, mas os militantes não liberaram a passagem do carro.

LEIA MAIS: DEPOIS DO SIM: Noiva de Kannário aparece com vestido de casamento; Confira

Lula está no local desde a última quinta-feira (7/4), quando foi expedida a ordem de prisão horas após o Supremo Tribunal Federal negar o pedido de habeas corpus do ex-presidente. O petista vai começar a cumprir a pena de 12 anos e 1 mês em uma sala especial da sede da Polícia Federal, em Curitiba.

Em seu discurso mais cedo, Lula negou que está se escondendo da polícia e garantiu: “Quanto mais eles me atacam, mais cresce minha relação com o povo brasileiro”.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo e no facebook.com/aratuonline.