AO VIVO Últimas Notícias
12/04/2024 21h26 | Atualizado em 12/04/2024 21h26

‘Micro torrefações valorizam cafés especiais e potencializam a qualidade do grão’, explica especialista

No Dia Mundial do Café, celebrado neste domingo (14/4), o especialista, que comanda a micro torrefação Do Coado ao Espresso, fala do papel desses empreendimentos, que têm revolucionado o cenário da segunda bebida mais consumida no mundo, perdendo apenas para água

‘Micro torrefações valorizam cafés especiais e potencializam a qualidade do grão’, explica especialista Foto: Brenda Matos / Divulgação
João Brandão

Se você é amante de cafés especiais e gourmet, ou curioso sobre o assunto, precisa saber a importância das micro torrefações para este mercado. O tratamento adequado, na hora de torrar o grão, vai imprimir qualidade ao café que chegará à sua xícara, é o que explica o torrefador Flavio Camargos. No Dia Mundial do Café, celebrado neste domingo (14/4), o especialista, que comanda a micro torrefação Do Coado ao Espresso, fala do papel desses empreendimentos, que têm revolucionado o cenário da segunda bebida mais consumida no mundo, perdendo apenas para água.

“As micro torrefações são empresas onde são torrados e comercializados os cafés especiais e gourmet. Os empreendimentos possuem como mantras centrais a valorização dos grãos, definindo perfis de torras conforme o potencial que o café tem a oferecer. Outro pilar importante para as micro torrefações são a negociação diretamente com produtores e micro produtores, preferencialmente de agricultura familiar, garantindo a qualidade e rastreabilidade de todo lote de café comercializado”, explica Camargos.

O especialista diz que diante de tanto preciosismo, as micro torrefações são as principais portas de entrada ao consumidor que quer começar a tomar cafés especiais. Ele destaca ainda o lado social do negócio: “As micro torrefações são responsáveis pela promoção de produtores e micro produtores, negociando com estes a preço justo, garantido a dignidade, subsistência e valorização dos profissionais que são de suma importância para toda a cadeia do café”.

Micro torrefações

Salvador e Região Metropolitana contam com algumas micro torrefações, como é o caso da Do Coado ao Espresso, localizada em Lauro de Freitas. Além do torrefador Flávio Camargos, que é Q-Grader (classificador certificado pelo Coffee Quality Institute) e responsável pela curadoria de grãos, conta com Matheus Maciel, responsável pelo Comercial, e Nayara Chaves, torrefadora e responsável pela curadoria de cafés.

A Do Coado trabalha prioritariamente com cafés da Bahia, constando em seu portfólio cafés da microrregião da Chapada Diamantina – Piatã, Ibicoara, Abaíra e Lençóis – e Barra do Choça, no Planalto da Conquista. A micro torrefação trabalha ainda com cafés de outros estados em menores quantidades, contando com grãos de Minas Gerais e Espírito Santo.

Operando desde 2020, Do Coado ao Espresso é uma das pioneiras no mercado local, contando com uma estrutura de primeira linha, com estoque climatizado, que visa garantir a máxima longevidade dos grãos. Tem também um torrador convectivo ecológico, com capacidade máxima de torra de 10kg, que conta com incinerador interno para eliminar ao máximo os poluentes e resíduos emitidos, e uma dosadora automática e seladora.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo no www.aratuon.com.br/aovivo. Siga a gente no InstaFacebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 99940 – 7440. Nos insira nos seus grupos!